Formação Continuada no Ensino Superior: um estudo com professores que atuam em Cursos de Educação Física

Haury Temp, Dóris Pires Vargas Bolzan, Hugo Norberto Krug

Resumo


Este estudo objetivou identificar as estratégias e concepções sobre formação continuada de docentes de Educação Física de duas Instituições de Ensino Superior (IES), uma pública e outra privada, na cidade de Santa Maria-RS. Caracterizamos a metodologia como qualitativa do tipo descritiva. As informações foram obtidas por meio de uma entrevista semiestruturada e as interpretações das respostas deram-se por meio da análise de conteúdo. Participaram seis professores que atuam no ensino superior, em curso de Educação Física, sendo três de cada IES, uma pública e outra privada. Os resultados mostraram que há uma nítida diferença entre as duas IES, no que tange à concepção de formação continuada por parte dos professores participantes; assim como em relação ao apoio das IES para a realização da formação e a jornada de trabalho dos docentes, na qual a instituição pública envolveu o ensino, a pesquisa e a extensão, enquanto na privada prioriza-se o ensino. Os pontos em comum foram encontrados com relação às expectativas dos docentes sobre qual modelo de formação continuada deveria ser desenvolvida e a pouca modificação que a formação continuada promoveu na carreira destes docentes. Dessa forma, investigações sobre este processo são extremamente importantes porque apresentam a realidade de formação continuada nas IES e buscam a reflexão e ação frente ao tema.

Palavras-chave: Formação Continuada. Educação Física. Ensino Superior.


Palavras-chave


Formação Continuada. Educação Física. Ensino Superior.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 REVISTA ELETRÔNICA PESQUISEDUCA