A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES NA EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA: O QUE DIZEM OS PROFESSORES-CURSISTAS?

Helena Maria dos Santos Felício, Luciana Resende Allain

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo problematizar a formação continuada de professores na Educação a Distância, a partir do acompanhamento de um grupo de duzentos professores da rede pública de Educação Básica brasileira que participaram de um curso de especialização, oferecido por uma universidade no sul de Minas Gerais, no âmbito do Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB). Considerando a crescente oferta de formação inicial e continuada de professores na modalidade a distância, conhecer suas representações torna-se fundamental para a evolução qualitativa desta oferta. Sendo assim, a partir de uma abordagem quanti-qualitativa de pesquisa, analisamos os conteúdos postados na plataforma do curso referentes às facilidades, dificuldades e desafios vivenciados pelos professores-cursistas na formação a distância. Para o tratamento dos dados, as respostas foram agrupadas em descritores e procedeu-se à análise de conteúdo. Os resultados mostram que, para que a formação a distância de fato se consolide como uma política pública para a formação continuada de qualidade, os modelos de formação precisam ser redimensionados em direção ao respeito às especificidades da profissão docente e às condições de trabalho desses profissionais, considerando a formação continuada como uma condição inerente à profissão.

Palavras chave: Educação a Distância. Formação de professores. Tecnologias Digitais

 

CONTINUING TEACHER TRAINING IN DISTANCE EDUCATION: WHAT DO TEACHERS AS STUDENTS SAY?

Abstract: This paper discusses continuing teacher training in Distance Education by monitoring a group of two hundred public school teachers in the Brazilian Basic School System, who attended a specialization program offered by a university in the south of Minas Gerais, within Brazil’s Open University System (UAB). Considering the increasing offer of pre-service and continuing teacher education in the distance mode, the comprehension of its representations becomes crucial for the evolution of this offer. Therefore, from a quantitative and qualitative approach, we analyzed the content published on the program platform regarding the facilities, difficulties and challenges experienced by teachers as students in distance education. For data processing, responses were grouped into descriptors, followed by content analysis. The results show that, for distance training to consolidate as a public policy for quality continuing education, training models must be scaled toward the observance of the specific teaching requirements and these professionals’ working conditions, considering continuing education as a condition inherent to that profession.

Keywords: Distance Education, Teacher Training, Digital Technologies


Palavras-chave


Educação a Distância, formação de professores, Tecnologias Digitais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 REVISTA ELETRÔNICA PESQUISEDUCA