A contribuição das atividades musicais para o desenvolvimento das funções psicológicas superiores

Elizete Gonçalves Ribeiro, Elisabeth Rossetto, Rodrigo Zini

Resumo


As funções psicológicas superiores, tais como: atenção voluntária, percepção, memória, pensamento em conceitos, imaginação criadora, sensações superiores e vontade previsora são desenvolvidas por meio das relações sociais entre os sujeitos no uso de signos e instrumentos. Dessa forma, objetiva-se estudar como a utilização de atividades musicais contribui para o desenvolvimento das funções psicológicas superiores, por meio da mediação docente. Fundamentou-se na Psicologia Histórico-Cultural, mais especificadamente nos estudos de Lev Semionovich Vygotsky (1991;1993;1996;1997; 2001ª; 2001b; 2005; 2009) e Alexis Nikolaevich Leontiev (1978), além de autores que se utilizam dos mesmos pressupostos epistemológicos para explicar como ocorre o desenvolvimento do psiquismo humano, dentre os quais, Martins (2007; 2013) e Duarte (2001; 2004). Ademais, relaciona-se às funções psicológicas superiores com a música por estar presente no cotidiano da vida humana, por se tratar, a música, de um bem cultural da humanidade. Diante disso, pode-se assegurar que a música, como uma das manifestações da linguagem humana, promove o desenvolvimento das funções psicológicas superiores por permitir que o aluno realize associações, generalizações e abstrações, as quais influenciam no desenvolvimento do psiquismo. Entretanto, constata-se a importância do trabalho do professor enquanto elemento mediador para que o aluno se aproprie do conhecimento científico por meio das atividades musicais.

Palavras-chave: Funções Psicológicas Superiores. Atividades musicais. Mediação docente.

 

The contribution of musical activities to developing higher psychological functions

Abstract: Higher Psychological Functions, such as voluntary attention, perception, memory, conceptual thinking, creative imagination, higher feelings and cautious will, are developed through social relations among subjects in the use of signs and instruments. We therefore aimed to study how musical activities contribute to developing Higher Psychological Functions through teacher mediation. This study was based on Cultural-Historical Psychology, and particularly the studies by Lev Semionovich Vygotsky (1991, 1993, 1996, 1997, 2001a, 2001b, 2005, 2009) and Alexis Nikolaevich Leontiev (1978), as well as authors that use the same epistemological assumptions to explain how human psychism is developed, such as Martins (2007, 2013) e Duarte (2001, 2004). It can be asserted that music as one of human language manifestations promotes the development of higher psychological functions to enable students to make associations, generalizations and abstractions that help develop psychism. However, one can confirm the importance of teacher work as a mediating element so that students can acquire scientific knowledge through musical activities.

Keywords: Higher Psychological Functions. Musical Activities. Teacher Mediation


Palavras-chave


Funções psicológicas superiores, atividades musicais, mediação docente

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 REVISTA ELETRÔNICA PESQUISEDUCA