REGIME INTERNACIONAL DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E O MUNICÍPIO DE SANTOS (SP)

ZAHRA ADNAN KABBARA DE QUEIROZ, RITA DE KÁSSIA DE FRANÇA TEODORO, ALCINDO GONÇALVES

Resumo


O objetivo deste artigo é desenvolver breve estudo do regime de mudanças
climáticas da Conferência das Partes (COP) no âmbito da Convenção
Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança Climática, bem como analisar
a atuação do Brasil e, mais especificamente, do município litorâneo
de Santos, no Estado de São Paulo. A fundamentação teórica está baseada
na revisão dos conceitos e fatos atuais do referido regime, para posteriormente
entender o estado da arte no Brasil e no município de Santos.
O estudo utilizou-se de pesquisa bibliográfica e documental tendo como
fonte estudiosos da questão, assim como relatórios e sites internacionais e
nacionais, além de duas entrevistas, com o fito de criar uma contextualização
que levasse ao entendimento deste que se configura em um dos sérios
problemas do planeta, o aquecimento global.


Palavras-chave


Regime de Mudanças Climáticas; Conferência das Partes. Adaptação. Santos/SP. Barreiras na Ponta da Praia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.