A ESCOLA COMO ORGANIZAÇÃO EDUCATIVA: GESTÃO DEMOCRÁTICA E AUTONOMIA

Elisabete Ferreira Soares

Resumo


O estudo da escola como organização educativa tem-se revelado campo de pesquisa fértil e atual. Este texto aborda os modelos de organização citados por Lima (2001), com destaque para o modelo racional burocrático, pela ênfase ao consenso e a clareza dos objetivos organizacionais, e para o modelo anárquico, não no sentido de desorganização, mas de uma maneira própria de gestão, que contraria o modelo burocrático, sem o negar. Argumenta-se que a escola, independente de como se organiza, dispõe de espaço para a tomada de decisão, pois a gestão democrática, um dos princípios da educação escolar, somente se consolida com a autonomia da escola, construída por e com seus profissionais e comunidade a que atende. Esse espaço para tomada de decisão concorre para que a unidade escolar assuma o processo autoavaliativo como contribuição ao fortalecimento do coletivo no sentido de co-responsabilização pelos desafios que se propõe a superar.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.