Positive and negative impacts of digital technologies on Education and teacher role

Autores

  • Marcileni dos Santos Universidade Federal de Santa Catarina
  • Fernando José Spanhol Universidade Federal de Santa Catarina
  • Roderval Marcelino Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Tecnologias digitais. Impactos positivos. Impactos negativos. Educação. Professor.

Resumo

The aim of this study is to analyze the impacts digital technologies have had on teachers’ education and life through a systematic literature review. In order to achieve the proposed objective, a survey of academic production (articles and dissertations) was conducted in Scielo, Scopus and Catalog of Theses and Dissertations databases. After filter inclusion and exclusion criteria detailed in the methodology were applied, six studies that comprise the basis for this article were identified. There are several positive impacts with the use of new technologies in education with regard to methodologies, interaction, and in the inclusion of digital native students in the teaching and learning process; however, there are mainly physical and operational barriers that hinder the implementation of technologies in education.

Biografia do Autor

Marcileni dos Santos, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestranda em Tecnologias da Informação e Comunicação pela UFSC no programa PPGTIC. Especialista em Gestão Escolar pela Faculdade São Fidélis - Grupo CENSUPEG (2019). Graduada em Pedagogia pela FAEL (2019). Especialista em Metodologia e Prática Interdisciplinar do Ensino pela FUCAP em (2007). Graduada em Letras - Língua Portuguesa e Língua Inglesa e suas respectivas literaturas pela Universidade do Sul de Santa Catarina (2001).

Fernando José Spanhol, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor e mestre em Mídia e Conhecimento pela UFSC. Graduado em Pedagogia pela UNOCHAPECO; Estágio Pós Doutoral de estudos e pesquisas na UNED Madrid; Professor na UFSC na graduação em Tecnologias de Informação e Comunicação e na pós-graduação no PPEGC e PPGTIC da UFSC. Coordenador do Programa de Pós-graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação -PPGTIC. Conselheiro Ciêntifico da ABED ( Associação Brasileira de Educação a Distancia); Avaliador da Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância - (RBAAD). Orientador nas linhas de pesquisa: Mídia e Conhecimento e Gestão do Conhecimento. Líder do Grupo de Pesquisa Mídia e Conhecimento no CNPQ. Avaliador Ad-Hoc para Educação a Distância do INEP; CAPES/UAB e CEE-SC. Já atuou como Vice Reitor Convidado na Universidade Estadual do Tocantins; Chefe da Assessoria Técnica da Fundação Radiodifusão Educativa do Estado do Tocantins; Cordenador UAB; Gerente Executivo do LED/DeGC/UFSC (Laboratorio de Educação a Distância); Diretor da ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância); Chefe do Serviço de Expediente do DeGC/UFSC (Departamento de Engenharia do Conhecimento); Supervisor do LANTEC/CED/UFSC; Diretor técnico da TV FLORIPA - NET ? Fpolis; Coordenador do Pólo da ABED/SC; Professor no curso de pedagogia da UNIVALI.Membro da Comissão Própria de Avaliação da UFSC. Atua em educação a distância desde a década de 90, tendo concluído orientações em TCC, especialização, dissertação e tese; Integrou em mais de 60 bancas de defesa de monografia, dissertação de Mestrado e tese de Doutorado; Participação em mais de 50 comissões de avaliação e credenciamento para Educação a Distância da SESU; SEED; INEP; CAPES/UAB e CEE-SC Áreas de pesquisa: Projeto; Gestão e Legislação de Educação a Distância; Desenho Educacional; Sistemas de Tele/Videoconferência; Tecnologia Educacional; TV digital; Convergência de Mídias; Educação Continuada; Educação de Adultos; Teorias de Aprendizagem; Midia e Conhecimento; Gestao do Conhecimento, Competencias Digitais, Literacia Digital.

Roderval Marcelino, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui pós doutorado pela ULSTER University na Irlanda do Norte. Doutorado e mestrado em Engenharia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS (conceito 7 CAPES). Especialização em Automação Industrial pela Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC(1998). Graduação em Ciências da Computação pela Universidade do Sul de Santa Catarina- UNISUL (1998). Atualmente é Professor com dedicação exclusiva da UFSC-Universidade Federal de Santa Catarina.Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Sistemas Embarcados, atuando principalmente nos seguintes temas: microprocessadores, automação, energias renováveis, software e informática na educação. É líder do grupo de pesquisa do CNPQ LPA-Laboratório de Pesquisa Aplicada. Integrante e pesquisador do laboratório de pesquisas LABTEL.

Referências

ALMEIDA, Patricia. Tecnologias digitais em sala de aula: o professor e a reconfiguração do processo educativo. Investigação às Práticas, Lisboa, v. 8, n. 1, p. 4-21, mar. 2018. Disponível em: <http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S218213722018000100002&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 03/03/2021

AZEVEDO, Nadia Pereira Gonçalves de; BERNARDINO JUNIOR, Francisco Madeiro; DAROZ, Elaine Pereira. O professor e as novas tecnologias na perspectiva da análise do discurso: (des) encontros em sala de aula. Linguagem em (dis)curso, Tubarão , v. 14, n. 1, p. 15-27, Apr. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1518-76322014000100002&lng=en&nrm=iso.> Acesso em: on 21 May 2021.

BAUER, Harald; PATEL, Mark; VEIRA, Jan. A internet das coisas: avaliando a oportunidade. McKinsey & Company, 2014. Disponível em: <https://www.mckinsey.com/industries/semiconductors/our-insights/the-internet-of-things-sizing-up-the-opportunity>. Acesso em: 22/09/2020.

BERALDO, Rossana Mary Fujarra; MACIEL, Diva Albuquerque. Competências do professor no uso das TDIC e de ambientes virtuais. Psicologia Escolar e Educacional [online]. 2016, vol.20. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-85572016000200209&script=sci_abstract&tlng=pt.>

BRIZOLA, Jairo. Tecnologias e educação: uma análise das práticas pedagógicas dos professores do ensino médio mediadas pelas tecnologias da informação e comunicação. 2017. 177 p. f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, Cuiabá, 2017. https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5003624

CHIOSSI, Renata Reis; COSTA, Christine Sertã. Novas formas de aprender e ensinar: a integração das tecnologias de informação e comunicação (TIC) na formação de professores da educação básica. Texto Livre: Linguagem e Tecnologia. 2018. Belo Horizonte - MG, v. 11, n. 2, p. 160–176, 2018. DOI: 10.17851/1983-3652.11.2.160-176. Disponível em: <https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/16798>. Acesso em: 05/10/2020.

DERECZYNSKI, Raphael Silberman. Novas tecnologias educacionais e avaliação da aprendizagem: Um desafio apresentado à educação. In: 9º Congresso Ibérico de Sistemas e Tecnologias de Informação (CISTI). Barcelona, 2014. Disponível em: <https://ieeexplore.ieee.org/stamp/stamp.jsp?arnumber=6876962>

LAAMARTI. Fedwa; EID, Mohamad; SADDIK, Abdulmotaleb El. An Overview of Serious Games. International Journal of Computer Games Technology. 2014. 10.1155/2014/358152. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/286573155_An_Overview_of_Serious_Games>. Acesso em: 20/09/2020.

MARTINS, Vivian; ALMEIDA, Joelma. EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA NO BRASIL: SABERES FAZERES ESCOLARES EM EXPOSIÇÃO NAS REDES. Revista Docência e Cibercultura, [S.l.], v. 4, n. 2, p. 215-224, ago. 2020. ISSN 2594-9004. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/re-doc/article/view/51026. Acesso em: 23 abr. 2021.

MILLÁN, José Antonio. Breve historia de la internet. El fruto caliente de la guerra fría. Versión ampliada de lo publicado en Protagonistas del Siglo XX, 31, coleccionable de El país, 1999. Disponível em: <http://jamillan.com/histoint.htm.> Acesso em: 15/11/2020.

OECD (2019). The road to 5G networks: Experience to date and future development. OECD Digital Economy Papers, No. 284, OECD Publishing, Paris. Disponível em: <https://doi.org/10.1787/2f880843-en>. Acesso em: 28/09/2020.

OLIVEIRA, Eloiza da Silva Gomes de. SÁ, Marcia Souto Maior Mourão. CARVALHO, Caio Abitbol.

PRENSKY, Marc. Aprendizagem baseada em jogos digitais. São Paulo: Editora SENAC, 2012.

REDECKER, C; PUNIE, Y. European Framework for the Digital Competence of Educators: DigCompEdu. EUR 28775 EN. Publications Ofce of the European Union, Luxembourg, 2017, ISBN 978-92-79-73494-6, doi:10.2760/159770, JRC107466.

RUS, Daniela. A Decade of Transformation in Robotics. In: Towards a New Enlightenment? A Transcendent Decade. Madrid: BBVA, 2018, p.188-202. Disponível em: <https://www.bbvaopenmind.com/en/books/towards-a-new-enlightenment-a-transcendent-decade/>. Acesso em:30/09/2020.

SACCOL, Amarolinda Zanela; REINHARD, Nicolau. Tecnologias de informação móveis, sem fio e ubíquas: definições, estado-da-arte e oportunidades de pesquisa. Rev. adm. contemp. [online]. 2007, vol.11, n.4 [cited 2021-04-23], pp.175-198. Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141565552007000400009&lng=en&nrm=iso>.

TAVARES, Guilherme Henrique Peterline. SOUZA, Cleyton Santana de Souza. Perspectivas para o ensino híbrido pós-pandemia. Anais do Congresso Nacional Universidade, EAD e Software Livre. V. 1 N. 12 . 2021. Disponível em: https://eventos.textolivre.org/moodle/mod/forum/discuss.php?d=1588. Acesso em: 21/09/2020>

VIEIRA, Ângela Cristina. A linguagem e as novas tecnologias da informação e comunicação no processo de ensino-aprendizagem. Dissertação (mestrado) – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Campus Ijuí e Santa Rosa). Educação nas Ciências. Ijuí, 2016. https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3788033

Downloads

Publicado

2022-01-03