A GESTÃO DE PEDRO CRESCENTI NA ESCOLA PROFISSIONAL SECUNDÁRIA MIXTA D. ESCOLÁSTICA ROSA

Wilson Dias da Silva

Resumo


O objetivo desse artigo é apresentar uma parte da história do Instituto D. Escolástica Rosa na gestão de Pedro Crescenti, levando em consideração sua característica de administrar a escola à luz da legislação do período getulista. Essa instituição de ensino profissionalizante pertence à Irmandade da S. Casa de Misericórdia de Santos, SP, fundada em 1908 para atender crianças pobres. Em 1933, com o nome de Escola Profissional Secundaria Mista, inicia a gestão compartilhada com o governo do Estado. O balizamento histórico é o de 1934 (período em que o professor Pedro Crescenti começa a dirigir o estabelecimento). Embora seja diretor até 1954, o balizamento final é quando termina o 1º governo de Getúlio Vargas. A pesquisa tem dados sobre o início do Instituto, a origem social dos alunos, principais cursos desenvolvidos, entre eles, o de Corte e Costura e a atuação do diretor. Neste estudo, emergiu as características de ação de Pedro Crescenti na direção da escola.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.