Percursos de vida e de formação de professores de Educação Física e as influências na constituição da docência

Autores

Palavras-chave:

Docência, Educação Física, Professores.

Resumo

Nesse artigo aborda-se parte da pesquisa que investigou a constituição da docência de professores de Educação Física na Educação de Jovens e Adultos (EJA), a partir de suas trajetórias de vida e formação. Com abordagem qualitativa, a produção de dados deu-se por meio de entrevista com roteiro semiestruturado com quatro professores de Educação Física da rede estadual de ensino de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Tomando como referência a perspectiva teórica bourdieusiana, as análises apontaram que os professores trazem marcas da infância e das vivências esportivas, como também, de forma indireta, a representatividade da figura do professor da infância e também daqueles que fizeram parte da sua formação inicial para o exercício da sua profissão.

Palavras-chave: Docência. Educação Física. Professores.

Biografia do Autor

Joelma de Souza Nogueira Dalarmi, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia São Paulo (IFSP), Câmpus Araraquara, SP.

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação do Campus do Pantanal (CPAN), da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS). Professora EBTT do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia São Paulo (IFSP), Câmpus Araraquara, SP. Pesquisadora do Grupo de estudos e pesquisa sobre formação e práticas docentes (Forprat).

Márcia Regina do Nascimento Sambugari, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Professora do curso de Pedagogia e do Programa de Pós-graduação em Educação do Câmpus do Pantanal (CPAN), da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), Corumbá, MS. Líder do Grupo de estudos e pesquisa sobre formação e práticas docentes (Forprat).

Referências

BOURDIEU, P. Capital simbólico e classes sociais. Revista Novos Estudos. CEBRAP. São Paulo. Jul., p. 105-115, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/nec/n96/a08n96.pdf Acesso em: 2 jun 2020.

BOURDIEU, P. Como se pode ser desportista? In: BOURDIEU, P. Questões de Sociologia. Tradução: Miguel Serras Pereira. Lisboa: Fim de Século, 2003. p. 181-203.

BOURDIEU, P. A escola conservadora: as desigualdades frente à escola e à cultura. In: NOGUEIRA, M. A. CATANI, A. (Org). Escritos da Educação. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2002a. p. 39-64.

BOURDIEU, P. Os três estados do capital cultural. In: NOGUEIRA, M. A. CATANI, A. (Org). Escritos da Educação. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2002b. p. 70-79.

BOURDIEU, P. Classificação. Desclassificação, reclassificação. In: NOGUEIRA, M. A. CATANI, A. (Org). Escritos da Educação. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2002c. p. 145-183.

BOURDIEU, P. Futuro de classe e causalidade do provável. In: NOGUEIRA, M. A. CATANI, A. (Org). Escritos da Educação. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2002d. p. 81-126.

BOURDIEU, P. A economia dos bens simbólicos. In: BOURDIEU, P. Razões práticas: sobre a teoria da ação. Tradução: Mariza Corrêa. 9 ed. Campinas, SP: Papirus, 1996. p. 157-194.

BOURDIEU, P. Coisas ditas. São Paulo: Brasiliense, 1989.

CASTELLANI FILHO, L. Política educacional e educação física. Campinas, SP: Autores Associados, 1998. (Coleção Polêmicas do nosso tempo; 60).

DAOLIO, J. Educação Física e o conceito de cultura. 2 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2007 (Coleção polêmicas do nosso tempo).

DAOLIO, J. Cultura: Educação Física e futebol. 3. ed. rev. Campinas: Editora Unicamp, 2006.

GORZONI, S. P.; DAVIS, C. O conceito de profissionalidade docente nos estudos mais recentes. Cadernos de Pesquisa, v. 47, n. 166, p.1396-1413 out./dez. 2017. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/cp/v47n166/1980-5314-cp-47-166-1396.pdf> Acesso em: 2 jun 2020.

LAHIRE, B. Sucesso escolar nos meios populares: as razões do improvável. São Paulo, SP: Ática, 1997.

LORTIE, D. C. Schoolteacher: a sociological study. Chicago: The University of Chicago Press, 1975.

MARCELO GARCIA, C. Formação de professores: o conhecimento sobre o aprender e ensinar. Revista Brasileira de Educação. São Paulo, n. 9, p. 51-75, 1998.

NOGUEIRA, C. M. M.; NOGUEIRA, M. A. A sociologia da Educação de Pierre Bourdieu: limites e contribuições. Educação & Sociedade. Campinas: CEDES, n. 78, v. XXIII, p. 15-36, 2002.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Tradução: Daniel Grassi. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

Downloads

Publicado

2021-02-06