A (in)visibilidade do debate epistemológico sobre a Pedagogia no interior do próprio curso: um estudo em universidades públicas do estado da Bahia

Autores

  • Jefferson da Silva Moreira Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
  • Umberto de Andrade Pinto Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Palavras-chave:

Pedagogia. Epistemologia da Pedagogia. Graduação em Pedagogia. Projeto Pedagógico de Curso.

Resumo

O artigo problematiza a (in)visibilidade do debate epistemológico sobre a Pedagogia como Ciência da Educação no interior de cursos de graduação em Pedagogia de quatro universidades públicas do estado da Bahia. Realizou-se a análise documental de Projetos Pedagógicos de Cursos (PPC) de licenciatura em Pedagogia, objetivando identificar se, e de qual maneira, o debate sobre a Pedagogia como campo de estudos acadêmicos aparece nos PPC. Os resultados preliminares sublinham que a discussão sobre o estatuto epistemológico da Pedagogia ocupa lugar marginal ou, até mesmo, não existe no interior de alguns dos cursos investigados, ao menos no âmbito dos documentos prescritos. Constata-se, assim, a centralidade dos processos formativos em dimensões metodológicas e didáticas para a docência nos anos iniciais de escolarização e nos fundamentos das ciências da educação, desconsiderando, no campo epistemológico, a complexidade da Pedagogia como ciência da práxis educativa.

 

Biografia do Autor

Jefferson da Silva Moreira, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Doutorando em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), linha de pesquisa Escola Pública, Formação de Professores e Práticas Pedagógicas. Mestrado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UEFS, linha de pesquisa Currículo, Formação e Práticas Pedagógicas (PPGE/UEFS). Especialização em Docência no Ensino Superior pela Faculdade de Tecnologias e Ciências (FTC). Participa do grupo de Estudos e Pesquisas sobre Escola Pública, Infâncias e Formação de Educadores (GEPEPINFOR), vinculado ao PPGE/UNIFESP. Interesse de estudos e pesquisas nas seguintes temáticas: Pedagogia Universitária, Didática, Formação de Professores, Aprendizagem Profissional da Docência, Professores Iniciantes e Pedagogia - tanto em relação ao curso quanto ao seu campo epistemológico. Membro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação (ANPEd) e da Associação Nacional de Didática e Práticas de Ensino (ANDIPE).

Umberto de Andrade Pinto, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Pedagogo. Doutor em Educação. Professor associado da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), onde atua no curso de Pedagogia, no Programa de Pós-Graduação em Educação, e no Programa de Pós-Graduação em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência. Participa de dois grupos de pesquisas: Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Escola Pública, Infâncias e Formação de Educadores (Gepepinfor) da Unifesp e o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Formação de Educador (Gepefe) da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP). Membro do Grupo de Trabalho (GT) 4 - Didática da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd).

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BOAVIDA, J.; AMADO, J. Ciências da Educação: epistemologia, identidade e perspectivas. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2008.

BRASIL. Parecer CNE/CP Nº 9/2001, institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/009.pdf. Acesso em: 30 maio 2021.

BRASIL. Resolução CNE/CP 1, de 18 de fevereiro de 2002, Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=159261-rcp001-02&category_slug=outubro-2020-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 30 maio 2021.

BRASIL. Resolução CNE/CP Nº 1, de 15 de maio de 2006, institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura, MEC/CNE 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf. Acesso em: 15 abr. 2021.

CRUZ, Giseli Barreto da. Curso de Pedagogia no Brasil: história e formação com pedagogos primordiais. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2011.

DIAS DE CARVALHO, Alberto. Epistemologia das ciências da educação. Edições Afrontamento, Porto, 1996.

EVANGELISTA, Olinda; TRICHES, Jocemara. Diretrizes curriculares nacionais para o curso de Pedagogia: docência, gestão e pesquisa. Revista Internacional de Formação de Professores (RIFP), Itapetininga, v. 2, n.4, p. 166-188, 2017.

FABRE, Michel. Existem saberes pedagógicos? In: Manifesto a favor dos pedagogos. Trad. Vanise Dresch. Porto Alegre: Artmed, 2004.

FRANCO, M. A. S. Pedagogia como ciência da educação. 2. ed. – São Paulo: Editora Cortez, 2008.

FRANCO, Maria Amélia Santoro. Didática e Pedagogia: da teoria de ensino à teoria da formação. In: Didática: embates contemporâneos. FRANCO, M. A. S; PIMENTA, S. G (Orgs). 3. ed. São Paulo: Editora Loyola, 2014.

FRANCO, M. A. S; LIBÂNEO, J; PIMENTA, S. G. As dimensões constitutivas da Pedagogia como campo de conhecimento. Educação em foco: v. 14, n. 17, p. 55-78, jul. 2011. Disponível em: https://revista.uemg.br/index.php/educacaoemfoco/article/view/103. Acesso em: 28 abr. 2021.

GATTI, Bernadete. Formação de professores: condições e problemas atuais. Revista Internacional de Formação de Professores (RIFP), Itapetininga, v. 1, n.2, p. 161-171, 2016. Disponível em: https://periodicos.itp.ifsp.edu.br/index.php/RIFP/article/view/347. Acesso em: 14 jun. 2021.

HOUSSAYE, Jean et. al. Pedagogia: justiça para uma causa perdida? In: Manifesto a favor dos pedagogos. Trad. Vanise Dresch. Porto Alegre: Artmed, 2004.

LIBÂNEO, José Carlos. A formação de professores no curso de Pedagogia e o lugar destinado aos conteúdos do Ensino Fundamental: que falta faz o conhecimento do conteúdo a ser ensinado às crianças? In: Curso de Pedagogia: avanços e limites após as Diretrizes Curriculares Nacionais. SILVESTRE, M. A; PINTO, U. A. (Orgs). São Paulo: Cortez, 2017.

LIBÂNEO, José Carlos. Diretrizes curriculares da Pedagogia: imprecisões teóricas e concepção estreita da formação profissional de educadores. Educ. Soc., Campinas, vol. 27, n. 96 - Especial, p. 843-876, out. 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/mSLjpLJDzBytgc6t6VcsxYf/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 24 jul. 2021

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos: inquietações e buscas. Educar, Curitiba, n. 17, p. 153-176. 2001. Editora da UFPR. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/xrmzBX7LVJRY5pPjFxXQgnS/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 24 jul. 2021.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos: para quê? 12. ed. São Paulo, Cortez Editora, 2010.

LIBÂNEO, José Carlos; PIMENTA, Selma Garrido. Formação dos profissionais da educação: visão crítica e perspectivas de mudança. In: Pedagogia e pedagogos: caminhos e perspectivas. PIMENTA, S. G. (Org) – 3.ed. São Paulo: Cortez Editora, 2011.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MIALARET, Gaston. Ciências da educação: aspectos históricos, problemas epistemológicos. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

MOREIRA, Jefferson da Silva; MASCARENHAS, Aline Daiane Nunes. Pedagogia como ciência da educação: dimensões epistemológicas e conceituais. Revista Educere Et Educare, Vol. 16. N. 38. Jan/Abr. 2021. Ahead of Print. DOI 10.17648/educare.v16i38.25097. Acesso em: 30 maio 2021.

NASCIMENTO, Maria Letícia Barros Pedroso. Curso de graduação em Pedagogia: considerações sobre a formação de professores/as para a Educação Infantil. In: Curso de pedagogia: avanços e limites após as Diretrizes Curriculares Nacionais. SILVESTRE, M. A; PINTO, U. A. (Orgs). São Paulo: Cortez, 2017.

PIMENTA, Selma G. “Prefácio”. In: LIBÂNEO, José C. Pedagogia e pedagogos, para quê? São Paulo: Cortez, 1998.

PIMENTA, Selma Garrido et. al. Os cursos de licenciatura em pedagogia: fragilidades na formação inicial do professor polivalente. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 43, n. 1, p.15-30, jan./mar. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1517-9702201701152815. Acesso em: 24 jul. 2021

PIMENTA, Selma Garrido. Introdução. In: Pedagogia e pedagogos: caminhos e perspectivas. PIMENTA, S. G (Org.). 3. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

PIMENTA, Selma Garrido. Panorama atual da Didática no quadro das Ciências da Educação: Educação, Pedagogia e Didática. In: Pedagogia, ciência da educação? 5. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2006.

PIMENTA, Selma Garrido. Para uma re-significação da Didática – ciências da educação, pedagogia e didática (uma revisão conceitual e uma síntese provisória). In: Didática e formação de professores: percursos e perspectivas no Brasil e em Portugal. PIMENTA, S. G (Org). São Paulo: Cortez, 1997.

PIMENTA, Selma Garrido; FRANCO, Maria Amélia; LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia, formação de professores - e agora? Problemas decorrentes das Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de pedagogia. Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente/organização de Ângela Imaculada Loureiro de Freitas Dalben ... [et al.]. – Belo Horizonte: Autêntica, 2010. 870p.

PIMENTA, Selma Garrido; Pinto, Umberto de Andrade; Severo, José Leonardo Rolim de Lima. A Pedagogia como lócus de formação profissional de educadores(as): desafios epistemológicos e curriculares. Revista Práxis Educativa, vol. 15, e2015528, 2020. Disponível em: https://revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/15528. Acesso em: 14 jun. 2021.

PIMENTA, Selma Garrido; Severo, José Leonardo Rolim de Lima. A Pedagogia entre o passado e a contemporaneidade: apontamentos para uma ressignificação epistemológica. Revista Inter Ação, 40(3), 477-492. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/35869. Acesso em: 20 jun. 2021.

PINTO, Umberto de Andrade. Graduação em Pedagogia: apontamentos para um curso de bacharelado. In: Curso de Pedagogia: avanços e limites após as Diretrizes Curriculares Nacionais. SILVESTRE, M. A; PINTO, U. A (Orgs). São Paulo: Cortez, 2017.

PINTO, Umberto de Andrade. Pedagogia escolar: coordenação pedagógica e gestão escolar. São Paulo: Cortez, 2011.

SAVIANI, Dermeval. A Pedagogia no Brasil: história e teoria. 2. ed. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2012.

SCHMIED-KOWARZIK, Wolfdietrich. Pedagogia dialética: de Aristóteles a Paulo Freire. Editora Brasiliense, São Paulo, 1983.

SILVA JUNIOR, Celestino Alves. Prefácio. In: Curso de Pedagogia: avanços e limites após as Diretrizes Curriculares Nacionais. SILVESTRE, M. A; PINTO, U. A (Orgs). São Paulo: Cortez, 2017.

VÁSQUEZ, Adolfo Sanchez. Filosofia da práxis. 2. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

Downloads

Publicado

2021-11-14