Pedagogia Crítica: por outras bases epistêmicas na ciência da educação

Autores

  • Aline Daiane Nunes Mascarenhas Universidade do Estado da Bahia

Palavras-chave:

Ciência da Educação. Pedagogia crítica. Educação.

Resumo

Este artigo, tecido sob forma de um ensaio teórico, ancorado em estudos e pesquisa desenvolvidos pela autora[i], tem a intenção de analisar as diferentes perspectivas – humanista, empírica e crítica – presentes no cenário brasileiro em torno do campo epistemológico da Pedagogia. Para tanto, parte-se da compreensão de ser urgente uma outra racionalidade que sustente as bases epistêmicas da Pedagogia, ancorada na premissa de uma ciência crítica, perspectivada na dialética. Desse modo, busca-se reconstruir em linhas gerais as posições teórico-científicas assumidas no âmbito da Ciência da Educação no contexto brasileiro, na tentativa de reconstruir seus fundamentos teóricos e apontar para a emergência de uma Pedagogia crítica “da e para a práxis educativa” (KOWARZIK, 1983). Conclui-se, apontando a necessidade de assentir a dimensão de uma Pedagogia crítica, com estatuto epistemológico próprio, centrada na dimensão da práxis educativa como uma tarefa imprescindível a um projeto civilizatório humanizado.

 

Biografia do Autor

Aline Daiane Nunes Mascarenhas, Universidade do Estado da Bahia

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Feira de Santana. Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora adjunta da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Sócia da Rede Nacional de Pesquisadores em Pedagogia (RePPed) e da Associação Nacional de Didática e Prática de Ensino (ANDIPE).

Referências

AMADO, J. Ciências da Educação – Que Estatuto Epistemológico? Revista Portuguesa de Pedagogia, p. 45-55, 2011. Disponível em: https://impactum-journals.uc.pt/rppedagogia/article/view/1647-8614_Extra-2011_4. Acessado em: 14 de julho de 2021.

BOAVIDA João; AMADO, João. Ciências da Educação. Epistemologia, Identidade e Perspectivas. 2. ed. Coimbra, 2008.

BISSOLLI DA SILVA, Carmem Silvia. Curso de pedagogia no Brasil: História e identidade. Dissertação de mestrado. Marília: Unesp, 1999.

BRASIL. Ministério de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Resolução CNE/CP 1/2006. Diário Oficial da União, Brasília, 16 de maio de 2006, Seção 1, p. 11.

CHARLOT, Bernard. Les sciences de l’éducation: Un enjeu, un défi. Paris: ESF. 1995.

DALBOSCO, Claudio A. Filosofia e educabilidade humana: entrevista com Wolfdietrich Schmied-Kowarzik. Educação & Sociedade, vol. 37, núm. 134, janeiro-março, 2016, pp. 305-326. Centro de Estudos Educação e Sociedade Campinas, Brasil.

FRANCO, M. A. S. Pedagogia como ciência da educação. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

FRANCO, M. A. S. Da necessidade/atualidade da pedagogia crítica: contributos de Paulo Freire. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 25, n. 2, p. 154-170, Maio./Ago. 2017.

FRANCO, M. A. S.; LIBÂNEO, J. C.; PIMENTA, S. G. As dimensões constitutivas da Pedagogia como campo de conhecimento. Revista Educação em Foco, Belo Horizonte, ano 14, n. 17, p. 55- 78, jul. 2011. Disponível em: https://revista.uemg.br/index.php/educacaoemfoco/index. Acesso em: 18 jun. 2019.

FRANCO, M. A.; LIBÂNEO, J. C.; PIMENTA, S. G. Elementos para a formulação de Diretrizes Curriculares para cursos de Pedagogia. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 130, p. 63-97, jan./abr. 2007.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

_____. Pedagogia da Indignação: Cartas Pedagógicas e Outros Escritos. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

GADOTTI, Moacir. Concepção Dialética da Educação: um estudo introdutório. 12. ed. rev. São Paulo: Cortez, 2001. 184 p.

GUBA, E. (1989). Critérios de credibilidad en la investigación naturalista. In Sacristan & Perez (Eds). La Enseñanza: su Teoria y su Pratica (148-165). Madrid: Akal.

HABERMAN, J. Técnica e ciência como "ideologia". Lisboa: Edições 70, 2001.

HOUSSAYE, Jean. Pedagogia: justiça para uma causa perdida? In: HOUSSAYE, J. et al. Manifesto a favor dos pedagogos. Porto Alegre: ArtMed, 2004. p. 9-45.

HOUSSAYE, Jean et al. Manifesto a favor dos pedagogos. Porto Alegre: ArtMed, 2004

ORTIZ, O. A. (2017). Decolonizar la investigación en educación. Praxis, 13(1), 93- 104. Praxis, Vol. 13, p.193-104, enero-junio de 2017. Disponível in: http://dx.doi.org/10.21676/23897856.2112

SANTOS, BOAVENTURA, S.; MENESES, M. P Epistemologias do Sul. Coimbra. Almedina, 2009.

LIBÂNEO, J. C. Pedagogia e pedagogos, para quê? São Paulo: Cortez, 1998.

______. Pedagogia e pedagogos: inquietações e buscas. Educar, Curitiba, n. 17, p. 153-176. 2001. Editora da UFPR. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/xrmzBX7LVJRY5pPjFxXQgnS/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 16 jun. 2021.

MASCARENHAS, A. D. N. Formação de pedagogos e identidade profissional: tensões sobre a diversidade de habilitações profissionais. Tese de Doutorado. Faculdade de Educação da UFBA, Salvador, 2015.

MASCARENHAS, A. D. N.; D’ ÁVILA, C. Da docência como identidade do pedagogo e as diferentes atribuições profissionais propostas pela DCNP -2006. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 259–271, 2017a. DOI: 10.15687/rec. v10i2.35474. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/rec.v10i2.35474. Acesso em: 6 jul. 2021.

MASCARENHAS, A.D.N; MOREIRA, J. S. Pedagogia como ciência da educação: dimensões epistemológicas e conceituais. Revista de Educere et Educare. Dossiê: Pensar a Pedagogia para responder aos contextos escolares e não escolares da atualidade. Vol.16, N. 38, p. 52-72, 2021.

MASCARENHAS, Aline Daiane Nunes.; FRANCO, Maria Amélia Santoro. De pedagogos a professores: balanço de uma década das diretrizes curriculares dos cursos de pedagogia no Brasil. Revista Internacional de Formação de Professores (RIFP), Itapetininga, v. 2, n.1, p. 41-55, 2017b. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ep/v41n3/1517-9702-ep-41-3-0601.pdf>. Acesso em: 28 abr. 2019.

MANGANIELLO, Ethel M. Introducción a las ciencias de la educación. Librería del Colegio, Buenos Aires. 1973.

McLaren, Peter. La Pedagogía crítica revolucionário: el socialismo y los desafios actuales, 1ª ed. Buenos Aires: Herramienta, 2012.

MORIN, Edgar. Religação dos saberes: o desafio do século XXI. Rio de Janeiro, Bertrand, 2001.

MOSQUERA, Juan José Mouriño. Educação: emergência de seu processamento epistemológico. Revista Educação. Porto Alegre, ano XVII, n. 27, 1994. P. 7-13. Disponível em: <https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/issue/view/1501>. Acessado em: 5 abr. 2019.

PERRENOUD, Philippe. As competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Porto Alegre: Artmed, 2002.

PIMENTA, S. G. Para uma ressignificação da didática: ciências da educação, pedagogia e didática (uma revisão conceitual e uma síntese provisória). In: _____. (Org.). Didática e formação de professores: percursos e perspectivas no Brasil e em Portugal. 4.ed. São Paulo: Cortez, 2006.

______.et al. Pedagogia, ciência da Educação? São Paulo: Cortez, 1998

SOUSA, S. Boaventura. Um Discurso sobre as Ciências. Edições Afrontamento: Porto; 1988. Disponível em: <http://www.ces.uc.pt/bss/pt/index.htm> Acesso em: 5 maio 2020.

SCHMIED-KOWARZIK, Wolfdietrich. Pedagogia Dialética: de Aristóteles a Paulo Freire. Brasiliense, São Paulo, SP –Brasil, 1983.

SANTOS, S. B. O fim do império cognitivo: a afirmação das epistemologias do Sul. Belo Horizonte: Autêntica, 2019.

SAVIANI, Dermeval. A Pedagogia no Brasil: história e teoria. Campinas, SP: Autores Associados, 2008. (Coleção Memória da Educação).

SAVIANI, D. Políticas educacionais em tempos de golpe: retrocessos e formas de resistência. Roteiro, v. 45, p.1-18, jun.2020. Disponível em: https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/roteiro/article/view/21512. Acesso em: 3 nov. 2020.

SÁNCHEZ VÁSQUEZ, Adolfo. Filosofia da práxis. Tradução de Luiz Fernando Cardoso. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1968.

WULF, C. Introducción a la ciencia de la educación: entre teoría y práctica. Universidad de Antioquia, Medellín, Colombia. ASONEN, 1999.

Downloads

Publicado

2021-11-14