Trabalho Infantil: Uma face da pobreza

Daniela T. Santos, Sarah Jane Durães

Resumo


Este trabalho tem como objetivo abordar o trabalho infantil como uma
das faces da pobreza que tem aumentado nestas últimas décadas, aprofundada
pela nova fase do capitalismo, a globalização e que atualmente vem
ganhando novas implicações em decorrência da crise do capital. Frente ao
neoliberalismo, as mazelas sociais acentuam-se em detrimento a riqueza
de poucos. Neste sentido, as famílias têm perdido as condições de suprir
as necessidades básicas de seus membros, em especial as crianças, tendo
como saída sua inserção precoce no trabalho onde, em sua maior parte,
esses trabalhos são precários e sem nenhuma proteção, fazendo parte, portanto,
das piores formas de trabalho infantil listados pela OIT.


Palavras-chave


Trabalho Infantil, pobreza

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.