ESTUDO DA CORROSÃO DO AÇO AISI 304 EM HCl 0,10 MOL.L-1 EM PRESENÇA DE LIGNOSSULFONATO DE CÁLCIO

Autores

  • Luiz Carlos dos Santos UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS
  • Maurício Marques Pinto da Silva UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS

Resumo

As substâncias sintéticas utilizadas como inibidores de corrosão, na maioria das vezes, possuem alta toxicidade, e por isso, o desenvolvimento de inibidores “verdes” tem sido tema de diversas pesquisas científicas. Este trabalho verificou o comportamento do aço AISI 304 exposto a HCl 0,10 mol.L-1 em presença de Lignossulfonato de Cálcio. Para avaliar esse comportamento, foram utilizadas polarizações catódicas e anódicas com varreduras de 500 mV, com taxa de 10 mV.s-1. Os dados obtidos das curvas de polarização mostram que o Lignossulfonato de Cálcio atua potencializando as reações anódicas e catódicas em concentrações acima de 50 mg.L-1 e inibindo as reações catódicas em concentrações abaixo de 10 mg.L-1.

Biografia do Autor

Luiz Carlos dos Santos, UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS

Graduado em Química Tecnológica, bolsista CNPq/PIBITI

Maurício Marques Pinto da Silva, UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS

Professor assistente, Universidade Católica de Santos (Química Tecnológica e Engenharia de Petróleo)

Publicado

2021-08-27