ONCE UPON A TIME: ANÁLISE NO PROCESSO DE DESCONSTRUÇÃO DA PERSONAGEM BRANCA DE NEVE

Autores

  • Julyana de Fatima Santos Bezerra UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS
  • Michele Silva Fernandes UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS
  • Rosa Maria Valente Fernandes UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS

Resumo

Este projeto apresenta a proposta de análise da transformação e desconstrução da personagem Branca de Neve, na série Once Upon A Time em relação a sua representatividade do conto original dos irmãos Grimm. A pesquisa tem como objetivo analisar como foi feita a reconfiguração da personagem na série, utilizando como base um recorte da primeira temporada, com o intuito de identificar quais as rupturas que a Branca de Neve passou comparando a versão clássica dos irmãos Grimm e considerando também a adaptação cinematográfica da Disney: Branca de Neve e os sete anões (1937). E isso será realizado através de pesquisas e análises de cenas da série e leitura da obra original dos irmãos Grimm, buscaremos apresentar o processo de ruptura na construção na nova Branca de Neve na série, a qual está inserida em novo contexto ficcional. O seguinte projeto visa criar uma reflexão a respeito das novas narrativas midiáticas ou televisivas da atualidade, a origem dos contos de fadas e como é processo de construção e desconstrução de um personagem.

Biografia do Autor

Julyana de Fatima Santos Bezerra, UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS

Graduada em Letras Português e Inglês na Universidade Católica de Santos.

Michele Silva Fernandes, UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS

Graduada em Letras Português e Inglês na Universidade Católica de Santos.

Rosa Maria Valente Fernandes, UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS

Professora doutora em Letras pela Universidade Católica de Santos, Graduação em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de São Bernardo do Campo, Graduação em Langue et Littératures Françaises - Université de Nancy II, mestrado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (1983) e doutorado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo.

Publicado

2021-08-27