ARRANJO PRODUTIVO LOCAL EM GOIÁS: ESTUDO SOCIOECONÔMICO E EMPRESARIAL

Autores

  • EUMAR EVANGELISTA DE MENEZES JÚNIOR Universidade Evangélica de Goiás
  • LUÍS VINÍCIUS NUNES ROSA Universidade Evangélica de Goiás
  • PAULO SÉRGIO SANTANA ALBERNAZ Universidade Evangélica de Goiás

Resumo

O Governo de Goiás implementou vários Arranjos Produtivos Legais –
APL’s nos últimos 14 (quatorze) anos, distribuídos em municípios agrícolas e estrategicamente localizados, sendo exemplos APL’s agendadas nos
municípios de Anápolis e Rio Verde. As APL’s tornaram ferramentas do
Estado para acelerar o avanço social e o fomento econômico – empresarial
nos limítrofes territoriais, o que valeu a posição de destaque dele perante
os demais entes da estrutura federalista brasileira. Os arranjos de natureza
público - empresarial, servem ao Estado para o cumprimento de políticas
públicas, agendas mecanizadas de produção, crescimento econômico e valoração do trabalho humano. No que pese a importância das APL’s para
o crescimento econômico do Estado de Goiás, e pelos poucos estudos já
realizados, o presente artigo, mantido por método positivista e analítico
preenchido de abordagens observacional e fenomenológica e de procedimentos bibliográfico e historiográfico, é universo dos números de APL’s
implementadas especificamente em Goiás, servido de fontes explicativas
das especificidades e veredas que agendam-nas, e do plano para haver uma
melhor compreensão da estrutura funcional que as mantém. Acreditando
no potencial funcional das APL’s em Goiás o estudo avança no que tange
as diretrizes e metas e a representatividade que cada uma delas possuem
nos diversos municípios que incubam-nas como políticas, que as codificam como instrumentos de avanço social, econômico e empresarial.

Biografia do Autor

EUMAR EVANGELISTA DE MENEZES JÚNIOR, Universidade Evangélica de Goiás

Doutor (Interdisciplinar - PUCGO). Mestre
(Multidisciplinar -
UniEVANGÉLICA).
Professor e pesquisador
na Universidade
Evangélica de Goiás –
UniEVANGÉLICA.
Bacharel em Direito.

LUÍS VINÍCIUS NUNES ROSA, Universidade Evangélica de Goiás

Bacharel em
Direito. Pesquisador
na Universidade
Evangélica de Goiás –
UniEVANGÉLICA.

PAULO SÉRGIO SANTANA ALBERNAZ, Universidade Evangélica de Goiás

Bacharel em
Direito. Pesquisador
na Universidade
Evangélica de Goiás –
UniEVANGÉLICA.

Publicado

2022-04-11