IMPORTÂNCIA DA FIGURA PATERNA NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL: UMA VISÃO DOS PAIS

Autores

  • Maria Izabel Calil Stamato Universidade Católica de Santos
  • Marcela Barbosa da Silva Universidade Católica de Santos

Palavras-chave:

Paternidade. Teoria Psicanalítica, Winnicott. Desenvolvimento Infantil. Psicologia e Políticas Públicas. Direito à Convivência Familiar.

Resumo

O artigo apresenta resultados de Trabalho de Conclusão do Curso de
Psicologia, que teve como objetivo aprofundar a compreensão sobre a função
paterna e sua importância no desenvolvimento da criança, e produzir
conhecimento científico sobre a visão do pai com relação a seu papel, fortalecendo
a importância da convivência familiar saudável, direito previsto
no Estatuto da Criança e do Adolescente. O referencial teórico adotado
foi a teoria psicanalítica, na visão de Donald Winiccott, correlacionada a
um breve resgate histórico da construção social da figura paterna. A pesquisa
de campo, de caráter qualitativo, envolveu 15 pais que acompanhavam
as mães em consulta do filho na pediatra. O instrumental utilizado
foi a entrevista semiestruturada, norteada por um roteiro, abordando: o
significado de ser pai; as influências na vida para se tornar pai; a importância
da participação na vida do filho. As respostas dos pais participantes
foram organizadas e sistematizadas em categorias, denominadas núcleos
de significação, e analisadas com base na metodologia de análise de discurso,
proposta pela Psicologia Sócio-Histórica. Os resultados da pesquisa
trouxeram reflexões significativas sobre a visão dos pais com relação ao
seu papel no cuidado com os filhos e seu lugar na dinâmica familiar, e revelaram
que sua função no desenvolvimento social e cognitivo da criança
vai muito além do apoio à mãe no período da gravidez e do apoio material
à família. Pretende-se que estes resultados contribuam para a construção
de políticas públicas voltadas às famílias, que favoreçam o exercício da
paternidade responsável.

Biografia do Autor

Maria Izabel Calil Stamato, Universidade Católica de Santos

Doutora em
Psicologia Social,
Coordenadora do
Curso de Psicologia
(2011-atual) e
orientadora do
Trabalho de
Conclusão de Curso.

Marcela Barbosa da Silva, Universidade Católica de Santos

Psicóloga, Formada
na Universidade
Católica de Santos
em 2016.

Downloads

Publicado

2017-08-01