Uso assertivo de narrativas transmídia e de Tecnologias da Informação e Comunicação como ferramentas para fomento da aprendizagem

Autores

  • José Luís Bizelli São Paulo State University (UNESP), Araraquara – SP – Brazil
  • Arielly Kizzy Cunha São Paulo State University (UNESP), Bauru – SP – Brazil
  • José Anderson Santos Cruz
  • Alexander Vinicius Leite da Silva

Palavras-chave:

Transmedia Storytelling. Technology. Information. Communication. Education.

Resumo

As inovações tecnológicas e as concepções sociais contemporâneas virtuais, digitais, efêmeras, competitivas, imagéticas favorecem o desenvolvimento de novos processos educacionais, e a inclusão dessas tecnologias como ferramentas para fomento do aprendizado. Educadores, pais, crianças e profissionais produtores desses conteúdos estão envolvidos no processo. O estudo objetiva reflexão sobre as características dos nativos digitais, crianças, jogadores, espectadores, consumidores, e também dos produtores de conteúdo, que demanda equipe multidisciplinar de produtores de histórias, audiovisual, jogos. Através de revisão bibliográfica e análise e síntese de conteúdos, observa-se e constatam-se mudanças das ações na formação e na importância das Narrativas Transmídia para os indivíduos dessa geração, e de que esses produtos já fazem parte de suas vidas e seu uso pode ser benéfico, se mediado, direcionado e planejado, pelos responsáveis, educadores e pela equipe de profissionais que os produz.

Palavras-chave: Narrativa transmídia. Tecnologias. Informação. Comunicação. Educação.

Biografia do Autor

José Luís Bizelli, São Paulo State University (UNESP), Araraquara – SP – Brazil

São Paulo State University (UNESP), Araraquara – SP – Brazil. Associate Professor, School of Sciences and Languages (FCLAr/UNESP) – Brazil; Postgraduate Program in School Education. Research Productivity Scholarship Level 2 – CNPq. National Coordinator FEPAE. ORCID: http://orcid.org/0000-0002-6634-1444. E-mail: jose.bizelli@unesp.br

Arielly Kizzy Cunha, São Paulo State University (UNESP), Bauru – SP – Brazil

São Paulo State University (UNESP), Bauru – SP – Brazil. Lecturer in the Graduation Course in Radio, TV, and Internet, School of Architecture, Arts and Communication (FAAC/UNESP) – Brazil. Distance Learning Mediator in the Pedagogy Course (UNIVESP-SP). Doctor in in Media and Technology (UNESP). ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5155-7210. Email: ariellykizzy@gmail.com

José Anderson Santos Cruz

São Paulo State University (UNESP), Araraquara – SP – Brazil. Doctor in School Education, School of Sciences and Languages (FCLAr/UNESP) - Brazil. Collaborator Advisor ESALQ/PECEGE. Deputy Editor of Journals and Technical Assessor in Scientific Journals Management. CAPES Scholar. Editor in charge of the Editora Ibero-Americana de Educação. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5223-8078. E-mail: anderson.cruz@unesp.br

Alexander Vinicius Leite da Silva

Sacred Heart University Center (UNISAGRADO), Bauru – SP – Brazil. Graduating in Languages. PIBID/CAPES Scholar. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4672-8799. E-mail: alexandervinicius.s@gmail.com

Referências

BAUMAN, Z. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Ed, 2001.

BECERRA, H.; MIGUEL, F. J. R. S.; GUTIÉRREZ-MARÍN, I. El sector de la animación: sus fases de producción y nuevas tendencias. Dilemas contemporáneos: Educación, Política y Valores, año II, n. 3, art. 9, 2015. ISSN 2007-7890.

BIZELLI, J. L. Inovação: limites e possibilidades para aprender na era do conhecimento. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2013. ISBN: 978-85-7983-477 (recurso eletrônico). Disponível em: http://culturaacademica.com.br/_img/arquivos/9788579834776.pdf. Acesso em: 10 jun. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Referencial Curricular Nacional para Educação. Brasília: MEC/SEF,1998. v. 1.

DELEUZE, G.; GUATARI, F. Rizoma. Jornal Liberácion, 23 out. 1980. Disponível em: https://www.rizomas.net/component/taxonomy/tag/Deleuze.html. Acesso em: 10 abr. 2018.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 51. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

GOMEZ, J. Identikit de las narrativas transmediáticas. Disponível em: https://hipermediaciones.com/2010/04/03/identikit-de-las-narrativas-transmediaticas-segun-jeff-gomez/. 2010. Acesso em 20 jan. 2018.

JENKINS, H. A cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2008.

LEVY, P. Inteligencia Colectiva: por uma antroplogia del ciberespacio. Bibioteca Virtual em Salud, BIREME/OPS/OMS. Washington, 2004.

MARTINO, L. M. S. Teoria das mídias digitais. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2015.

NAKAGAKI, M. Attitudes toward the use of ICT in schools in Japan. 2014. Disponível em: http://www.childresearch.net/data/school/2014_01.html. Acesso em: 15 jun. 2017.

PRATES, R. O.; BARBOSA, S. D. J. Avaliação de interfaces de usuário: conceitos e métodos. Disponível em: http://homepages.dcc.ufmg.br/~rprates/ge_vis/cap6_vfinal.pdf. Acesso em: 14 jul. 2016.

PRENSKY, M. Aprendizagem baseada em jogos digitais. São Paulo: Senac, 2012.

PRENSKY, M. Imigrantes digitais nativos digitais. On the Horizon University Press, v. 9, n. 5, 2001.

RENÓ, D. Cinema interativo e linguagens audiovisuais interativas: como produzir. Tenerife: Editora ULL, 2011.

SANTAELLA, L. Linguagens na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2007.

SCOLARI, C.A. Narrativas transmedia. Cuando todos los medios cuentan. Barcelona: Centro Libros PAPF, 2013.

SERRES, M. Polegarzinha. Rio de Janeiro: Bartrand, 2013.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

Downloads

Publicado

2021-03-21